GESTÃO “Resistir para Fortalecer a Luta” tomou posse para o triênio 2017/2020.

por: Gabriel Batista
30 Novembro 2017

GESTÃO âResistir para Fortalecer a Lutaâ tomou posse para o triênio 2017/2020. Posse da nova gestão (foto: arquivo pessoal)

Ao longo destes últimos meses o coletivo de assistentes sociais que formam hoje a gestão do triênio 2017/2020 esteve em constante debate com a categoria do nosso estado. Marcamos o início desta gestão com imensos desafios, mas não poderia ser diferente, afinal, a complexidade do mundo atual em que vivemos apresenta desafios de todas as ordens e, em todos os espaços. 


Nosso coletivo é composto por assistentes sociais de formação, experiência e vivencias diferenciadas que por  compartilharmos dos mesmos princípios e valores éticos  somamo-nos para  a construção de uma gestão co-participativa, descentralizada e democrática,  fundamentada no projeto ético político profissional da categoria. 

 

Os primeiros desafios postos serão a reorganização político administrativa do nosso conselho, o enfrentamento para reverter a inadimplência de profissionais que estão atuando de forma irregular,  reorganizar as comissões de trabalho com a participação da base, reorganizar os Nucress, resgatar o Projeto “CRESS Itinerante” a fim de garantir a participação dos/as assistentes sociais da base em todo o estado, dentre outros.

 

Assim, realizamos um chamamento para que a base venha participar conosco, traga sua sugestão, sua demanda e vamos juntos alavancar as atividades do nosso conselho. Existem várias maneiras que a base pode e deve participar, também vamos criar outras opções para favorecer e proporcionar espaços coletivos para socialização e democratização das informações e construção da ampliação da  participação dos profissionais assistentes sociais da base. 

 

“Quem anda no trilho é trem de ferro. Sou água que corre entre pedras - liberdade caça jeito”. (Manoel de Barros).

 

 

Conselho Regional de Serviço Social 21ª Região MS

GESTÃO “Resistir para Fortalecer a Luta” triênio 2017/2020.