CERMA/MS realiza balanço de 2017

por: Vanessa Scaquete Cáceres
15 Janeiro 2018

CERMA/MS realiza balanço de 2017 (foto: CERMA/MS)

O Comitê Estadual para Refugiados, Migrantes e Apátridas no Estado do Mato Grosso do Sul – (CERMA/MS) realizou a sua quarta reunião ordinária, no final de dezembro de 2017, com a retrospectiva das atividades realizadas e avaliação das ações, entre elas, o processo eleitoral das Organizações da Sociedade Civil (OSC), nomeação dos membros, realização do 1º Colóquio “Desafios e Perspectivas das Migrações Hoje”, participação dos membros em eventos e capacitações, criação e aprovação da logomarca, criação do folder institucional, reunião da Comissão de Elaboração do Plano de Trabalho e da Comissão para Estudo e Alteração de Decreto.
 
O Plano de Trabalho Biênio 2018/2019, elaborado e proposto pela comissão também foi aprovado pela plenária em reunião ordinária no mês de novembro. Na oportunidade os membros também discutiram sobre a importância do ensino da Língua Portuguesa para os migrantes e refugiados no Estado do Mato Grosso do Sul. Diante da demanda apresentada a coordenadora, Rosangela Rodrigues de Araújo, juntamente com a superintendente da Política de Direitos Humanos da Sedhast, Ana Lúcia Américo, convidaram o professor doutor, da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), João Fábio Sanches Silva, para apresentar aos membros o Projeto Núcleo de Ensino e Pesquisa em Português para Estrangeiro – NEPPE/UEMS – “Língua de Acolhida”.
 
 
(Foto: CERMA/MS)

 

O professor relatou o projeto, citando que o mesmo foi desenvolvido nesse ano no Centro de Atendimento em Direitos Humanos (CADH), com aulas noturnas, solicitando ainda ao CERMA/MS parceria para viabilizar a ideia dos multiplicadores dentro do projeto, visando o atendimento dos migrantes e refugiados que estão nos municípios do interior. O projeto será discutido e detalhado na reunião ordinária de fevereiro de 2018.

Membro da Associação Haitiana Brasileira (ASHABRA), relatou a importância das ações do Comitê e como as mesmas atendem às necessidades desse público, como também agradeceu a atenção dada por meio do Centro de Atendimento em Direitos Humanos (CADH), que tem feito atendimentos diários aos refugiados e migrantes.
 
CERMA/MS
 
O Comitê Estadual para Refugiados, Migrantes e Apátridas no Estado do Mato Grosso do Sul (CERMA/MS), criado pelo Decreto nº. 14.558 de 12 de setembro de 2016 é composto por 17 (dezessete membros) e igual número de suplentes, sendo 12 (doze) representantes governamentais e 5 (cinco) representantes de Organizações da Sociedade Civil (OSC). É um órgão colegiado de deliberação coletiva e está vinculado a Superintendência de Direitos Humanos – SUPDH.
 
O CERMA/MS possui Secretaria Executiva, localizada na Coordenadoria de Apoio aos Órgãos Colegiados (CAORC), situada na Rua Marechal Cândido Mariano Rondon, 713, Centro. Telefone: 3382 – 8702. E-mail: cerma.ms@gmail.com.
 
 
Texto: Sedhast
com informações e imagens do CERMA/MS